JANFEV-2019: “Tudo o que fazeis, fazei-o na caridade” (1Cor 16,14).

JANFEV-2019: “Tudo o que fazeis, fazei-o na caridade” (1Cor 16,14).

“Tudo o que fazeis, fazei-o na caridade” (1Cor 16,14).

Lendo a Palavra do Calendário parece muito fácil aplicar em nossas vidas. Na prática é um pouco mais complicado, pois se não entendermos o verdadeiro sentido da caridade, nossos atos se tornam automáticos e não verdadeiramente caridosos, quando, por exemplo, damos esmolas ao mendigo, cedemos lugar para idosos ou gestantes, abrimos portas para informações de lugares, etc…

Em 1Coríntios 13, 4 temos: “O amor é paciente, o amor é prestativo; não é invejoso, não se ostenta, não se incha de orgulho”. Essa passagem da Bíblia está muito ligada a caridade e, isso sim, dá o verdadeiro sentido ao significado da caridade.

Temos vários exemplos de pessoas caridosas, pessoas que não são famosas, que não são santas, mas que fazem parte de nosso cotidiano e buscam Deus em suas atitudes caridosas.

Dessa forma, ficarei com um testemunho mais próximo de minha vida. Minha irmã mais velha desde muito jovem tem esse espírito caridoso com todos os familiares. São impressionantes a preocupação e a dedicação que ela tem por todos, ajudando-nos com seu apoio emocional, espiritual e até financeiro. É ela quem reúne toda a família nas comemorações de quase todos os aniversariantes. Foi ela quem cuidou da sogra por vários anos (falecida) e hoje cuida de nossa mãe. É ela que em todos os momentos de perdas, tristezas e alegrias sempre esteve presente. É ela que sempre acolhe, dá carinho, orienta e também dá broncas….

Minha irmã não tem filhos, mas adotou todos os seus familiares em seu coração. E meu cunhado também é outro exemplo de humildade, serenidade, caridade e muita espiritualidade. Enfim, por tudo isso, creio que Deus sempre estará presente na vida do casal!

Que consigamos enxergar e praticar pequenas caridades todos os dias, e que não nos apeguemos à caridade apenas financeira, mas que possamos ser caridosos também nas palavras, atitudes e pensamentos em relação ao próximo.

Elídia Nakaoka


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *