Sobreviventes das bombas atômicas de 1945 em Hiroshima e Nagasaki, conhecidos no Japão como Hibakusha, manifestaram sua esperança de que o provável presidente-eleito dos EUA Joe Biden promova o desarmamento nuclear.

Sobreviventes das bombas atômicas de 1945 em Hiroshima e Nagasaki, conhecidos no Japão como Hibakusha, manifestaram sua esperança de que o provável presidente-eleito dos EUA Joe Biden promova o desarmamento nuclear.

Sobreviventes das bombas atômicas de 1945 em Hiroshima e Nagasaki, conhecidos no Japão como Hibakusha, manifestaram sua esperança de que o provável presidente-eleito dos EUA Joe Biden promova o desarmamento nuclear.

Em entrevista concedida à NHK no domingo, Mimaki Toshiyuki, o atual líder do escritório de Hiroshima da Confederação Japonesa das Organizações das Vítimas das Bombas A e H, felicitou Joe Biden por sua vitória prevista.

Mimaki disse que o ex-presidente Barack Obama visitou a cidade de Hiroshima pouco antes do final de seu mandato, mas que espera que Biden faça uma visita ao Museu Memorial da Paz e à Cúpula da Bomba Atômica mais cedo durante seu governo.

Ele manifestou sua esperança de que Biden tome a iniciativa de persuadir potências nucleares a reduzirem seus arsenais, como também que tome a liderança nos esforços para abolir armas nucleares.

Kawano Koichi, líder do Congresso Japonês Contra as Bombas A e H, um outro grupo de sobreviventes, disse que o previsto presidente-eleito entende a importância do desarmamento nuclear e que ele irá transmitir ao mundo que a paz pode ser alcançada sem armas nucleares.

Disse ainda que gostaria que Biden persuadisse a Rússia a entrar em um acordo com os Estados Unidos para redução mútua de seus arsenais.

Ele exortou o Japão a se engajar em discussões completas com Biden sobre políticas nucleares, apresentando a perspectiva japonesa – o único país a já ter sofrido bombardeios atômicos.
https://www3.nhk.or.jp/nhkworld/pt/news/266145/

 

Fonte: NHK Japan

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *