“Sou coreano e a minha família é católica”

"Sou coreano e a minha família é católica"

“Sou coreano e a minha família é católica”, assim declarou o embaixador da Coreia do Sul em Portugal, Park Chul-min.

O embaixador disse ainda:

A minha família é católica. Deveria ter sido batizado, mas por este ou por aquele motivo fui sempre adiando. Quando fui designado como Embaixador da República da Coreia em Portugal, um país com forte tradição católica, finalmente marquei uma data e fui batizado com o nome de Justino, um dos Santos celebrados em junho.

Desde que cheguei a Lisboa, em novembro de 2016, nunca falho a missa de Domingo na Igreja perto da minha residência. A missa, que dura uma curta hora, é preenchida por orações e leituras bíblicas e é uma altura em que me sinto verdadeiramente agradecido por todas as minhas bênçãos.

A República da Coreia não é um país católico, mas tem 103 mártires, sendo o quarto país com maior número de mártires. Na Coreia há cerca de três milhões oitocentos e noventa mil católicos e cerca de nove milhões seiscentos e oitenta mil protestantes. Entre os 120 mil turistas coreanos que anualmente visitam Portugal, mais de um terço visita o Santuário de Fátima.

Fonte: Embaixada da Coreia do Sul em Portugal, com ©  Paulo Spranger/Global Imagens

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *