Viagem do Papa a Mianmar (novembro) e Bangladesh (dezembro)

Viagem do Papa a Mianmar (novembro) e Bangladesh (dezembro)

O Papa Francisco aceitou o convite dos Chefes de Estado e Bispos de Mianmar e Bangladesh e fará uma visita a ambos os países.

O Papa estará em Mianmar de 27 a 30 de novembro, e irá à capital, Yangon, e à Nay Pyi Taw. É a primeira viagem de um papa neste país, principalmente budista. O país tem cerca de 51 milhões de habitantes.

A visita da Senhora Ministra Aung San Suu Kyi foi marcada pelo estabelecimento de relações diplomáticas entre os dois estados em 4 de maio de 2017. Em 12 de agosto, o Papa designou o Arcebispo Paul Tschang In‑Nam, como primeiro núncio apostólico.

O lema da visita apostólica é amor e paz.

O Papa irá em seguida em Bangladesh, à capital, Daca, de 30 de novembro a 2 de dezembro. É a segunda viagem de um papa neste país principalmente muçulmano, 31 anos após a viagem de João Paulo II, em 1986. O país tem cerca de 160 milhões de habitantes.

O lema da visita apostólica é harmonia e paz.

O programa da viagem será publicado proximamente, disse o comunicado de imprensa.

O Papa Francisco escolheu os primeiros cardeais na história destes dois países: em 2016, o Arcebispo de Daca, Patrick D’Rozario (73 anos), religioso da Santa Cruz, e em 2017, o Arcebispo de Yangon, Charles Bo (68 anos), salesiano de Don Bosco.

Domingo, 27 de agosto de 2017, depois do Angelus, o Papa mencionou esses dois países. Ele apelou para a minoria muçulmana dos “Rohingyas” perseguidos na Birmânia e um apelo à solidariedade e à oração pelas populações atingidas por inundações severas devido àmonção no Bangladesh, mas também na Índia e no Nepal.

Fonte: REDACAO PAPA FRANCISCOVIAGENS PONTIFÍCIAS.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *