Um novo Milagre Eucarístico na Polônia

Um novo Milagre Eucarístico na Polônia

“A imagem histopatológica encontrou no material partes fragmentadas do músculo estriado transversal, semelhante ao músculo do coração”

 

Dom Zbigniew Kiernikowski, Bispo de Legnica, na Polônia, aprovou no dia 17 de abril último a veneração de uma santa Hóstia Consagrada que sangra, devidamente comprovado o fenômeno milagroso, a qual, nas palavras do prelado, “possui as características distintivas de um Milagre eucarístico”.

No Natal de 2013, uma Hóstia consagrada caiu no chão da igreja da paróquia polonesa de Saint Jack, – relata o Sr. Bispo em um comunicado, – e depois de recolhida foi posta em um recipiente com água, segundo certa norma. Pouco tempo depois, apareceram manchas vermelhas no Pão Eucarístico.

Dom Stefan Cichy, que era então o Bispo de Legnica, criou uma comissão especial para analisar a Hóstia. Em fevereiro de 2014, um pequeno fragmento foi colocado sobre um corporal e passou por provas de vários institutos médicos e análises clínicas.

Para a maravilha e exultação de todo o povo cristão, o comunicado final do Departamento de Medicina Forense atestou, entre outros pontos, que:

A imagem histopatológica encontrou no material partes fragmentadas do músculo estriado transversal, semelhante ao músculo do coração”.

Ainda mais, as provas determinaram também que o tecido é de origem humana e que apresentava sinais químicos de que o seu portador tenha sido submetido a sofrimentos físicos(!). Como se vê, são coincidências flagrantes com o mais famoso caso de Milagre eucarístico, o de Lanciano, na Itália.

Dom Kiernikowski confirmou que, em janeiro deste ano, apresentou o caso à Congregação para a Doutrina da Fé do Vaticano.

Em abril, de acordo com as recomendações da Santa Sé, o prelado pediu ao pároco de Saint Jack, Andrzej Ziombrze, que prepare “um lugar adequado para as Relíquias, de tal forma que os fiéis pudessem venerá-las”.

 

Fonte: ACI Digital

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *